Newsletters




RSS 2.0 ACG

ATUALIDADE

Registo Central de Beneficiário Efetivo – Prorrogação de prazos

O prazo para a apresentação da declaração inicial do beneficiário efetivo foi alargado. 

Esta declaração deve ser efetuada até 31 de outubro, pelas entidades sujeitas a registo comercial, e até 30 de novembro, pelas demais entidades sujeitas ao RCBE.

O Registo Central de Beneficiário Efetivo (RCBE) pretende identificar todas as pessoas que controlam uma empresa, fundo ou entidade jurídica de outra natureza.

Continuar...

PESQUISA

Autenticação

Visualizações de conteúdos : 599902
APRESENTAÇÃO Instituição Breve Historial

SONDAGEM "O INTERIOR"

AS PESSOAS ACREDITAM NA REVITALIZAÇÃO DA ACG

O jornal “O Interior”, um credível e importante órgão de comunicação da nossa região, iniciou ontem uma sondagem aos seus leitores, questionando sobre a viabilidade da Associação Comercial da Guarda.

É com satisfação que verificamos que, quase 70% das pessoas que responderam ao inquérito até ao momento, acreditam na recuperação da Associação, mesmo antes de ter sido apresentado o Projeto de Revitalização.

Um primeiro resultado que acreditamos traduz a opinião e sentimento dos empresários do distrito e das pessoas, de uma forma geral.

O apoio de todos vai ser fundamental para voltarmos a ter uma Associação Comercial saudável e focada na defesa dos interesses dos seus Associados e da Região.

ointerior

image003-teste

28.06.2019

ACG nas redes sociais

fb

ACG no youtube

youtube

Guia do Investidor

guia_foto

Livro de Reclamações Online


Livro de Reclamações Online
Breve Historial

untitled-5

Breve Historial

A Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda, também designada por Associação Comercial da Guarda, é uma associação patronal, não cooperativa, sem fins lucrativos, representando cerca de 2000 empresas de diferentes ramos de atividade.

Com um século de existência, a Associação Comercial da Guarda, foi fundada em 16 de novembro de 1905, após reunião preparatória, com o objetivo de promover o comércio e a indústria na cidade da Guarda.

Em 1939, devido à conveniência da integração desta coletividade no Regime Corporativo, passou a designar-se por Grémio de Comércio do Distrito da Guarda.

Após a revolução de 25 de Abril de 1974 e com o fim do Regime Corporativo, passou a ter a designação de Associação de Comércio e Serviços do Distrito da Guarda.

Com sede na cidade da Guarda, na Rua dos Cavaleiros, nº32, esta Associação abrange a área do Distrito da Guarda, destacando-se pela excelência das soluções integradas e diferenciadas que apresenta ao mercado, contribuindo para o progresso económico e social da região. 

 

bandeiras_copy

Identificação da Estrutura Associativa

Atividade da ACG

A Associação tem por objeto a defesa dos direitos e interesses de todos os seus associados, seu prestígio e dignificação, proporcionando-lhes, por si e por intermédio de outras entidades, as condições necessárias ao regular exercício das suas atividades, em clima de progresso e de justiça social, propondo-se também desenvolver entre os associados um espírito de solidariedade e apoio recíproco.

A Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda é uma associação de âmbito distrital englobando os 14 Concelhos que compõem o Distrito da Guarda, possuindo desde 1992 duas Delegações em funcionamento nas Vilas de Celorico da Beira e Sabugal e a partir de meados de 1999 as Delegações de Manteigas, Pinhel, Vilar Formoso e Mêda.

Mercado alvo

Caracterização do Público – Alvo

A ACG pauta-se por ter uma massa associativa caracterizada essencialmente por pequenas e médias empresas da área do comércio a retalho e restauração, estando as restantes em menor número.

Uma vez que a ACG criou estruturas de apoio a potenciais e novos investidores com a implementação do GE – Gabinete Empresa e com serviços voltados essencialmente para o apoio ao investidor e aos empresários em geral.

A ACG prevê aumentar o seu número de associados para 2800 até 2010.

CONDICIONANTES EXTERNAS

Recuperar ou desenvolver funções de comércio é um imperativo estratégico. Fundamentalmente revela-se urgente promover o equilíbrio entre as diferentes formas de comércio, técnicas de venda e diferentes tipos de comerciantes em harmonia com os consumidores. Para tal é necessário combater estruturas obsoletas, desequilíbrios dos territórios urbanos e promover uma nova imagem de comércio sem no entanto gerar situações de rutura e gerar conflitos entre os vários agentes.

ÁREA  DE INTERVENÇÃO DA ACG


mapa

 

 
ACG - Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda © 2012 Todos os direitos reservados | desenvolvido por J.Canão